Conceitos de Ayurveda

AYURVEDA E O SISTEMA DIGESTIVO

No Ayurveda existem alguns conceitos importantes ligados à digestão: Agni, Ama e Malas.

Agni é o “fogo digestivo”, é o grande poder transformador de todas as coisas. Essa transformação se refere à digestão, à capacidade de digerir, transformar e absorver os alimentos. No Ayurveda, o Agni é vital, pois é considerado o grande segredo da vida, da saúde. O corpo é tido como uma máquina metabólica onde os diversos Agnis têm de ser capazes de digerir harmoniosamente os alimentos para então nutrir o corpo como um todo. Quando o Agni é ruim, irregular, instável, forte demais ou muito lento há um desequilíbrio, gerando toxinas (Ama) e levando a doenças.

 

Já Ama é resultado da má digestão, são biotoxinas formadas ao nível dos tecidos e células na digestão terciária. O processo digestivo, quando inadequado, com o Agni alterado e ineficiente, não consegue digerir os alimentos totalmente, gerando uma massa de não digeridos que, ao passar pelos 7 metros do intestino delgado e 1,5 metros do intestino grosso, será fermentada e putrificada tornando-se então altamente agressiva ao organismo, podendo se acumular, estagnar e desencadear doenças.

Malas são as nossas excreções, tudo aquilo que não serve mais ao corpo e necessita ser posto para fora (fezes, urina e suor).

 

O foco é sempre manter o Agni equilibrado e com bom funcionamento para que, assim, nosso organismo tenha a capacidade de reconhecer o que é nutriente e o que é dejeto eliminando Malas de maneira eficiente e evitando a produção de Ama. Desta forma o corpo pode se manter saudável.